quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

O dia do nascimento da minha princesa II

O dia 6 de janeiro começou bem cedo pois tinha que estar no Hospital às 8:30 para me induzirem o parto (estava com 40 semanas e 3 dias). A Margarida foi comigo e com o pai e, após eu ser internada, o pai foi deixá-la a casa dos avós. 

O internamento deu-se como é normal: soro, explicações, CTG, blá blá... 

Nessa manhã, enquanto eu esperava o nascimento da minha princesa, na TV só passavam imagens do velório do "Rei Eusébio", uma grande figura do futebol!

Nada de contrações e lá me deram 1/4 de comprimido para ir dissolvendo no interior da bochecha. Aqui começaram as contrações, ainda que poucas e fracas. Cerca das 13:30 ficaram muito seguidas e intensas. A bola de pilates ajudava umas vezes, mas outras não. 

Como no parto anterior não tive tempo para levar epidural, neste decidi que assim que já não estivesse a "raciocinar" direito pediria epidural. E assim foi... Cerca das 14h pedi com toda a certeza a santa pica que tira as dores às grávidas em trabalho de parto.

Lindo lindo foi eu parecer um cachorrinho com pulguinhas... só me coçava, quase que feria a cara e mordia a língua. Juro que se fosse filmado atingia uma boa quantidade de visualizações no youtube! Pois bem amigos as contrações foram embora e ficou a coceira... menos mal.

A gaiata estava muito subida, daí que o Dr. decidiu "rebentar a bolsa". A partir daí não consigo escrever muito mais texto... pois ela desceu passados 4 min (menos provavelmente) e entretanto lá senti a "dita pressão" e foi gritar para o pai da criança (sim, tive de gritar) chamar a Sra. Enfermeira com urgência. Já tinha sido mãe e sabia que a partir dali seriam breves momentos até a colocar no nosso mundo.

Assim foi... correria e alvoroço da sala de dilatação para a de parto e a sorte foi que o Dr. ainda andava por ali perto (não tinha ido para as consultas ainda). No corredor entre as duas salas eu disse: "Dr, ela vai nascer agora!". Ele disse com a sua calma habitual: "Calma Raquel, não faça força".

Chegámos à sala partos, em 2 min trocámos de cama e fizeram-se alguns preparativos. O pai entrou na sala e o médico disse: "Faça força Raquel!".

Pois bem... uma única "força" chegou (Deus é meu amigo). A S. ainda chorou dentro da barriga!

Foi colocada no meu peito (foto abaixo) e só tinha vontade de me rir... que gorduchinha que era...e tão linda! Milagre da vida mesmo...

Resumindo: 

A Salomé nasceu no dia 6, em Lisboa, com 3, 350kg e 48,5cm e é saudável!



Momentos após o nascimento.



No dia seguinte a Salomé recebeu a visita da mana!


 O meu amor, outro grande amor!



 Última mamada na maternidade...prontos para irmos para a nossa casa!



Uns dias depois, enquanto fiz qualquer coisa na cozinha, dei com a M. adormecida ao pé da mana bebé!


6 comentários:

  1. Q fotos tão bonitas. Contínuo a achar q a baby mais baby é parecida com a nana mais velha :) um beijinho para todos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      Pois.. eu tb acho q são parecidas!

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Parabéns!
    Tudo de bom...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Catarina!
      Beijinhos p ti e p família!

      Eliminar
  3. que lindas... tenho que os ir visitar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.
      Mas caro anónimo eu não sei quem é. Provavelmente uma amiguinho fofa que entretanto até já cá veio ;)

      Beijinhos

      Eliminar

Aqui pode comentar o que leu.
Obrigada e Felicidades!