sábado, 31 de outubro de 2015

Já me tinha esquecido porque não te aprecio

Preciso de uns pijamas de inverno e meias anti-derrapantes e vou até até ti. Penso que os pijamas são fofinhos, qualidade q.b.e preços baixos. Mas como vou até ti de ano a ano esqueço-me que és um caos, tens montanhas de pessoas e a confusão é total.... Não gosto!

Depois se não nos controlamos trazemos tudo e esquecemo-nos dos pijamas e das meias. Não gosto!

Estupidez, não gosto mas fui até ti.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Sei que sou casmurra mas...

...não consigo perceber onde é que o Halloween se encaixa nas nossas tradições.

Não aprecio, não critico quem aprecia.

Cada ano que passa acho menos piada.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Anti rugas?

Apercebi-me que precisava de um anti-rugas. Sabem quando? Quando me disseram que eu andava a mentir. É verdade...desde agosto que minto. Digo que tenho 33 anos quando na verdade tenho 34. Como é que alguém se engana na idade?

Pois...

Decidi adquir um anti-rugas...enfim.

domingo, 25 de outubro de 2015

Faixa de Gaza na cadeira da papa

Este é o motivo pelo qual a minha Sal não pode estar sem a minha supervisão no fim da refeição. Como a fome já não "aperta" brinca com a comida e faz estes disparates.

Andámos pela floresta e tivemos medo

Durante boa parte do livro "Pela floresta" pensávamos que o lobo ia aparecer.
Afinal apareceu uma boa surpresa...o papá.

A bolsa mais linda

A Margarida recebeu uma bolsinha para os lápis na Páscoa (acho eu). A bolsa é tão mimosa que tinha tanta pena de a usar (tinha medo de a estragar). Ganhou coragem e vai começar a usar.
Quem ofereceu comprou em Torres Vedras na loja Tecidos Giros. Disseram-me que era tudo um mimo.

Este post não é patrocionado, tal como todos os outros. É mesmo só uma partilha porque por vezes procuramos coisas destas e não encontramos. Fica a dica.

sábado, 24 de outubro de 2015

Caminhada na Tapada

O dia começou cedo (para fim de semana). Fui fazer uma caminhada na Tapada. Pensei que chovesse mas tal não aconteceu. Percurso leve e curto mas que chegou para me meter assim meio cansada e com vontade de me enrolar numa manta no sofá o resto da tarde. Já não sei quando foi a última vez que fiz isso.

Bem...mas voltando à caminhada: comi um medronho pela primeira vez, vi vacas e cavalos, bem como zonas perigosas "explosão".

Bela iniciativa a do AEM.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

O vírus ou lá o que foi

Por aqui viveram-se momentos mauzinhos. Qualquer coisa que apoderou de nós...tínhamos uma pedra no estômago... Escapou a Sal de resto foi tudo atacado.
Já passou e tudo está bem.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

A catraia decidiu começar falar #2

Ora por aqui desencadeia-se todo um mundo novo na área da linguagem:

Manha (mana)
Nhão (não....usa muitas vezes)
Tá tá (já está)
É aí (é ali)
Totó (xana toc toc)
Aua (água)
Shhhhh (chucha)

A mãe que não sou


A mãe que não sou:

- A que nunca ralha;
- A que acorda sempre bem disposta;
 - A que diz sempre que o desenho está lindo e a letra bem desenhada quando na verdade o desenho está feio e a letra desleixada;
- A que não obriga a comer a sopa;
- A que nunca a chora;
- A que compra uma mala nova quando as filhas precisam de sapatos;
- A que tem sempre a depilação feita;
- A magra, gira que consegue ter sempre a casa imaculadamente arrumada;
- A que troca de mala e sapatos como quem troca de cuecas;
- A que nunca deu uma palmada no rabo;
- A que tem a certeza  de tudo e não duvida de nada do que faz;
- A que sabe dançar kizomba;
- A que nunca pensou "estou cansada, quero dormir";
- A que não deixa de fazer as suas coisas para levar a Filha à natação;
- A que faz sopa fresco todos os Dias e nunca a aquece;
- A que tem sempre paciência para brincar;
- A que nunca brinca;
- A que ama mais a sombra que as filhas;
- A que ama mais o marido que as filhas;
- A que compra tudo o que as filhas pedem;
- A que tem calma em situações de birra;
- A que chega sempre a horas a tudo;
- A que dá fast food à criançada;
- A que não deixa comer um gelado;
- A paciente que mesmo depois de explicar 10 vezes que não se comem bolachas ao jantar volta explica tudo mas mesmo tudo com muuuuuuiiiiita calma.


Podia continuar não fossem 3 da manhã e eu não estivesse com uma dor de barriga descomunal.


sábado, 17 de outubro de 2015

Pensei que o carro voasse

Que vendaval...

Tudo pelo ar...sinais de trânsito, cadeiras.

Cometi a burrice de me meter numa autoestrada que tem uma ponte com mais de 100m de altura. Quase que podia jurar que o carro levantou...milímetros mas levantou... Chiça penico, "ca medo".

Resto de bom dia!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Pilates...porque eu mereço

Aqui a parva não pensa muito nela (não estou a ofender ninguém...a parva sou eu) mas agora decidiu que tem de haver mudanças. Aproveitou uma horinha depois de pôr uma na música e que a creche da mais nova ainda estava aberta e foi ao pilates.

Do melhor.

Sabem que mais? Afinal também existo. Que 50min deliciosos! Tudo se fez na mesma mas desconfio que amanhã vou adormecer na natação da baby...

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Aquela sensação de missão cumprida

Os dias têm sido uma loucura pegada: aulas; atividades delas; cozinha; verificar TPC's; banhos; cozinha; adormecê-las...

Aqui o mundo apagou-se...também adormeço. Depende dos dias mas chego a dormir 2h. Acordo e volto ao mundo: máquina de roupa; acaba de arrumar a cozinha; prepara roupa para o dia seguinte e mais mochila s de música ou ballet ou natação ... Escritório: aquele espaço onde me perco no computador, nos livros, recortes, cartolinas, colas,...

Depois dá-me uma coisinha má quando vejo que são 3 ou 4 horas da manhã. Correria para terminar o necessário para 1 ou 2 dias. Banho...Cama...Respirar...e aquela sensação boa que deste o máximo de ti.

Exaustão sim mas tranquilidade interior também.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Do que a vida me ensina #8

A Verdade dói, mas não mata.

A Mentira agrada, mas não cura.


Custa ouvir (ou dizer) mas tem de ser...

Não gosto de ouvir todas as verdades (só algumas) nem consigo dizer todas as verdades.

Mas...um dia vou conseguir...talvez não fique tão triste quando me magoam!


segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Amor da mãe andaste a comer adubo?

A minha Mar cresceu imenso (comparativamente com os crescimentos anteriores) este verão. Não é uma criança que se diga "muito alta" mas como deu "um pulo" no fim deste verão ia tento um colapso quando lhe fui vestir a roupa do fim da primavera e esta não lhe servia. Essa roupa era ótima para este tempo e como tinha sido comprada tardiamente e folgada pensei que desse.
Pois bem...enganei-me. E sabem que mais? Mudou de gosto: o que antes seria impossível vestir-lhe é atualmente o supra sumo da fatiota; o que dantes era um espetáculo é agora uma "seca".
Crescimentos e roupa em ótimo estado à parte o importante é que está bem. 

A catraia decidiu começar a falar #1

Esta semana:

- Um, Doi, Tê  (1, 2, 3)

- É meu (quer mesmo dizer é meu ou é minha....portanto é tudo dela)

- É da Mé (É da Salomé)



Andamos em pulinhos de alegria, afinal fala...

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

É para dormir miúda

A minha Sal é uma miúda com energia para dar e vender (acho que se pudesse vender energia o seu mealheiro ficaria bem gordinho) e na hora de dormir arma quase sempre banzé. Mesmo quando não arma são voltas e mais voltas na cama de tal modo que quando adormece está encharcada em suor (literalmente).
Então senhores de que lhe vale o banhinho refrescante e cheiroso que acabei de lhe dar, digam-me?
Bolas....no dia seguinte cabelo só cheira a sei lá o quê...

Eu bem lhe lhe digo "É para dormir miúda",mas ela deve achar que dormir é sinal de "tourada"...

domingo, 4 de outubro de 2015

Vou ali apanhar pratos e já votei

Já exerci o meu direito de voto, mas não posso dizer que só descobri ontem que havia eleições hoje...seria muito mau não seria?
Acontece...a quem não vê tv e fala com uma faixa etária que só votará pela primeira vez daqui a mais de uma década... No coments...

Agora vou ali aquecer sopa, dar banhos, orientar marmitas para amanhã e...apanhar pratos do chão.

Leva-me a dançar meu amor

In Para ti, Luísa Castel-Branco

Encontrei a trituradora

...estava perdida e foi encontrada ontem atrás de uns pacotes de mercearias. Não sei como lá foi parar...mas encontrei. Agora falta o copinho da bimby.

sábado, 3 de outubro de 2015

Momentos não planeados

Tivemos momentos não planeados com amigos cá por casa... não digo visitas que parece assim uma coisa mais "distante", menos "íntima". Gosto tanto de os receber e tento tanta pena que não aconteça mais vezes. O dia a dia parece que nos limita estes pequenos Grandes momentos mas quando eles inesperadamente acontecem sabem pela VIDA!!! As pequenas M. e S. na "brincadeira" ou "zaragata" de vez em quando e a outra M. que chegou mais tarde estava (é) tão querida para a amiga. O F. ainda não brinca com elas mas pressinto-o na galhofada daqui a mais um anito...

Casa cheia... sem problemas que haja brinquedos espalhados e que o jantar seja frango assado.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Caimento (i.p#21)

Um dia destes, a Mar para mim:
- Mãe, caí na escola!

Eu:
- Magoaste-te?

Ela:
Não! Foi só um "caimento"!

Eu:
- Não percebi!"

Ela:
caí por um momento, não me magoei.






quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Daquelas boas notícias...

...que nos deixam felizes com a felicidade dos outros.
Parabéns querida "Alice". Tu mereces o 19 e muito mais. Boa viagem nesta nova aventura dos 300...