sexta-feira, 31 de julho de 2015

Manuais escolares e a complicação dos livros de fichas! Uma anedota pegada!

A Câmara Municipal, este ano, oferece os manuais escolares aos alunos do Concelho.
Recebi o vale, na caixa do correio, e fui levantar os manuais escolares à papelaria.

-  Bom dia, venho levantar manuais para o 2º ano!
- Olá. Quer encapados?
- (?????) Não, encapo em casa. Obrigada!
- Pois... mas as nossas capas não têm nada a ver com isso que metem em casa!
- Ai não? Como são então?
- São mais resistentes!
- Hum... nesse caso...quanto custa?
- 1,10 euro cada capa!
- Ok, nesse caso quero encapados!
- Então mas vai-se decidir?
- Já decidi, quero encapados, mas porquê?
- É que como disse que não queria já tinha tirado estes! Agora vou ter de tirar os outros que já estão encapados!

(Nota: a sra. estava a meio passo dos manuais)

- Desculpe, não queria maçá-la.
- Não faz mal!
- Está aqui o vale da Câmara Municipal e o dinheiro (dei 5 euros para pagar as capas dos manuais).
- Cinco euros? Mas quanto acha que custa cada livro?
- Hum..... ZERO euros...tendo em conta que lhe estou a dar o vale de oferta  da Câmara!
- Então e os livros de fichas minha senhora? Esses a Câmara não oferece.
- Ah... Ok! Mas os livros de fichas eu não vou precisar, muito obrigada. 
- Não vai precisar? Porquê?
- Não! Já os comprei!
- Como é que já os comprou?
-Hum... comprando e pagando!?

....a mulher solta baixinho umas "palavras" que não percebi....resmungava basicamente!

- É a primeira vez que faço isto a alguém...nunca ninguém deixou de levar os livros de fichas! Agora como faço isto?!!!
- É fácil, entrega-me os manuais e as capinhas (livros de fichas e restantes materiais) referentes a cada manual não me dá!
- Pois... (blá, blá) nunca fiz isto....Ó "não sei quantos" anda-me cá ajudar!
- Então será hoje a primeira vez, mas se não quiser fazê-lo não tem qualquer problema, há mais papelarias no Concelho!

Comecei a ficar nervosa com o assunto mas falei sempre calmamente....

- Pronto! Está bem, leve só os manuais (blá, blá, entre dentes). Só não entendo é como é que comprou as fichas antes dos manuais!
- Simples, uma vez que já sabia que fichas eram comprei-as quando estavam com desconto. 
- Pronto está bem mas agora vou ter de devolver isto..... (ronhó nhó...)
- A editora não coloca qualquer problema, não se rale! Aqui estão os cinco euros para o pagamento das capas dos manuais.
- Aqui está o troco! Quer fatura? Olhe que tem que ser com o NIF da menina!
- Quero sim! É o xxxxxxxx!
- Sabe de cor?
- Sei!
- Bolas!.... Aqui está!
- Boa tarde e obrigada sim? (ar cínico que eu pus aqui).
- Ah....já me esquecia...se quiser cá comprar o material escolar fazemos desconto!
- Ai sim? Que desconto?
- Desconto!

Não valia a pena insistir e a minha catraia estava cheia de vontade de fazer xixi. Fui embora....


quinta-feira, 30 de julho de 2015

Do que a vida me ensina #4

Não vale a pena fazer grandes listas de tarefas...o dia encarrega-se de permitir ou não que as coisas aconteçam.


Conversas com a Mar #2

- Mãe é possivel uma menina gostar de coisas de menino?
- Como assim?
- Sabes há uma menina que veste calções de rapaz em vez de biquini, sempre t-shirts ou polos e calça ténis todos os dias.
- Filha cada um veste o que quer.
- Ah...ok. Nesse caso podes comprar-me um top pequeno daqueles que se vê o umbigo?

....

Sem comentários....

Um dia destralho #7

Caixas de sapatos vazias - reciclagem;

Conjunto blaser e calça clássico, que dificilmente me servirá enquanto estiver na moda - para uma amiga;

Roupa da Sal que não serve e não tenciono guardar - para uma baby mais nova uns meses;

Lápis de carvão demasiado pequenos - lixo;

Lembranças nem sei de quê ao certo - lixo;

Canetas roídas (dele) - lixo;

Papéis do supermercado a fazer da minha carteira a Miss Piggy - reciclagem;

Mala velha e algo estragada que não uso por causa destes aspetos - lixo;

Frascos de vidro vazios - casa da mãe;

Foi bom o destralhe. Estou mais "leve" mas há muito para fazer...

terça-feira, 28 de julho de 2015

As que mais gostamos é que partem.

Esta manhã escapou-se da prateleira. Não a consegui apanhar a tempo de não se partir. Quase chorei.
Ela tinha tanto para contar, fazia parte da nossa casa desde Janeiro de 2008.
Sei que é só uma caneca, mas gostava dela e partiu. Tanta caneca foleira foi logo esta que partiu.

Conversas da Mar #1

Aparecem as duas na minha casa de banho...
- Bom dia.Então já acordaram meninas? (duh...pergunta parva)
- Bom dia mãe (diz a Mar que a Sal só sorri), estou chateada.
- Porquê?
- Estava a ter um sonho tão bonito e a mana acordou-me.
- Volta para a cama e dorme.
- Agora já não dá...não me lembro onde ia o sonho...só sei que era bonito.

Vamos ver como corre

Mil e uma coisas para fazer hoje. Tudo agendado. A mais velha está comigo. Vamos ver como corre. Quase a apostar que não faço metade.

Se vos disser que não tenho fotos da Sal impressas abrem muito a boca escandalizados?

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Crocodilo do "Nilo"

O "crocodilo", para se escapar ao vento se fazia notar, foi nadar para o rio... Sol quente, vento agreste crianças felizes.

domingo, 26 de julho de 2015

Bons momentos em imagens #24

Já aqui disse que momentos entre amigos é sempre algo bom mas momentos entre amigos onde os filhos se divertem à "brava" é ainda melhor.
No fim do dia instala-se um cansaço bom...cansaço de conversar e querer contar todas as novidades...

Tão bom, viva os amigos verdadeiros.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Esta estrada não é para rally

Sr.  condutor do carro branco que passou por mim a mais de 100km/h, certamente, esta estrada não é para rally. Não vês que é estreita e com imensas curvas. Não metas em perigo desconhecidos. Queres conduzir em alta velocidade inscreve -te no autódromo do Estoril...aposto que deve dar.

Dia de corte

Hoje fomos cortar o cabelo. A catraia já andava com as pontinhas enfraquecidas e com o aproximar das férias dá mais jeito um pouco menos curto.

Ficou gira?

Um boneca "feitaamao" para alguém do coração

Queríamos oferecer à professora de ballet algo que ela não tivesse...algo bonito mas com significado. Uma colega minha faz bonecas à mão e pedi-he para fazer uma vestida com roupa de balllet. Não acham um presente fofinho?
A Mar adorou, claro que pediu logo uma para ela.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

A esferovite zangou-se comigo

Estive a tirar as forras da almofada de amamentação, uma vez que já não a estou a usar. Olhem o resultado.

A sério....só me apetecia fugir.

Da minha janela...a árvore

Faltam poucos dias para dizer adeus à árvore que todos os dias me vê quando entro/saío da sala de aula.
Neste trabalho vivo de 11 em 11 meses. Nunca sei o que vem a seguir. Talvez volte a ver a mesma árvore, quem sabe... talvez não...
Agora não interessa...do futuro ninguém sabe... a ver vamos. On quer aue seja vai correr bem...

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Viterra

A Nutri Ventures é uma marca de entretenimento infantil que promove exclusivamente a alimentação saudável, de uma forma eficaz e divertida. Conhecem os desenhos animados?
A Nutri Ventures associou-se à Viterra Baby e Viterra Junior (suplementos multivitamínicos direccionados para bebés e crianças, respectivamente, que oferecem uma solução completa e de acordo com as necessidades específicas dos mais novos).
Os suplementos não substituem uma alimentação saudável mas proporcionam às crianças as vitaminas, minerais e ómega-3, 6 e 9 para terem um desenvolvimento saudável e uma maior resistência e energia”.
Com Viterra Baby ou Viterra Junior e a Nutri Ventures, os mais novos vão ter a dose certa de multivitamínicos e divertir-se com os seus heróis através de jogos incluídos nas embalagens.
A minha Mar experimentou e gostou do sabor. Para a idade dela são uns ursinhos mastigáveis e para a Sal é em xarope.

Nota: Post patrocionado com oferta de cada uma das embalagens referidas.

Petição de Jamie Olivier

Uma petição que assinei porque me faz sentido...



Oi, aqui é o Jamie!
Preciso de sua ajuda urgente para mudar as coisas. Estamos diante de uma epidemia global de obesidade: 42 milhões de crianças menores de 5 anos em todo o mundo estão acima do peso ou obesas. O resultado é que a próxima geração vai viver menos que os seus pais se não fizermos nada para mudar essas estatísticas terríveis.
Assim, gostaria de pedir para fazer você duas coisas simples: assinar este abaixo-assinado para apoiar a educação alimentar obrigatória nas escolas de todo o mundo e, acima de tudo, compartilhá-lo nas redes sociais....
Ler mais aqui

Um dia destralho #6

Botas manchadas e apertadas que fazeis vós em minha casa? Pois bem... nada. Então "xô daqui para fora".

Avental descosido e sem emenda, que fazeis na roupa por passar? Nada, então cortado para trapos.

Fichas de trabalho sem novo acordo ortográfico que fazeis vós nos dossiers?
Nadica de nada, então "bazai" para o ecoponto.

Mais "leve"!

1:30 à espera...Portugal que temos...pacemaker

Para alguém já com uma certa idade (setentas creio) que tem um pacemaker, se levanta às 6h, apanha o autocarro e faz quase 100kms não me parece nada bem que espere 1:30. Parece-me que marcaram todos os utentes para as 9:00 e depois foram atendendo...
Felizmente a "pilha" está ótima e ainda deve durar mais uns aninhos.

Para completar a cena perdeu o autocarro por segundos...ainda vimos a porta a fechar e ele "arrancar". Depois só teve de espera 1horita até ao próximo.

Ela não merece, ninguém merece.

terça-feira, 21 de julho de 2015

A publicidade da cabra

Estão a ver aquela publicidade da vodafone com um bebé a chorar e de repente pára? Isto porque está a ver a imagem que o pai está filmar: uma cabra.
A minha Sal também pára de chorar quando vê um animal...

Acho um piadão ao anúncio...

Tenho mesmo de começar a fazer isto


A minha casa tem pelo menos 8 espelhos do teto ao chão e há dias que me apetece parti-los, pois se quando para cá vim morar assim pedi ao construtor agora não me apetece olhar para eles.

Tenho de mudar... um dia quem sabe!


Imagem acedida de
https://www.facebook.com/cheirinhodecarinho/photos/pb.168083326649678.-2207520000.1437359821./382540588537283/?type=3&theater

Do fim de semana

Fim de semana cheio mas calmo ao mesmo tempo. Duas festas de aniversário e muita alegria. Muito miminho e traquinice.
Já passou...

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Põe amor nas tuas mãos

Terminei há pouco um trabalhinho que ajudará uma colega amiga.
Ela não me pediu mas sentia-a tão cansada que me ofereci e ela aceitou. Não me custou nada, muito pelo contrário, até me deu prazer.
Depois de o acabar vaguei 5minutos pelo facebook e deparo-me com esta imagem que não podia vir mais a calhar.

Imagem acedida  de
https://www.facebook.com/pages/Cheiro-de-alecrim/1540393579537032?fref=photo

Um dia destralho #5

Precisava de micas para organizar um dossier e tinham-se acabado. Ia comprar.
Lembrei-me que devia ter montanhas de dossiers cheios de folhas organizadinhas em micas que já não mexia há séculos. Pois bem... tirei as folhas para fora das micas, furei-a e voltei a meter no dossier.

Não foi bem um destralhar porque nada desapareceu, mas foi um reaproveitamento....não fui por dentro de casa mais tralha.

domingo, 19 de julho de 2015

Caipirinhas

Acho que nunca tinha bebido uma caipirinha (ups...sou mesmo desatualizada) pois sempre que havia momentos em que havia essa bebida entre amigos ou estava grávida ou a amamentar. Hoje foi o dia e tenho a dizer que está quase ao nível do granizado de champanhe, quase...
A querida S. fez anos e entre amigos foi uma tarde bem passada, estava a precisar!

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Sobrevivi e correu tudo bem...

Dia 16 pensei que não fosse sobreviver a tanto que tinha agendado: reuniões (9:30 uma e outra às 12:00); Almoço entre colegas com uma sardinhada; um teste da Mar (15:15).
Tive receio de não conseguir ir à sardinhada antes de ir buscar a Mar, colocar gasóleo e fazer a viagem até ao destino. No fim correu tudo ok, chegámos 11 minutos antes do tempo.
Correu tudo bem, graças a Deus, ao namorido, à filha maravilhosa que tenho e às minhas amigas.

Às 16:00 estava em casa e sentei-me no sofá (coisa que não faço há muito)...escusado será dizer que acordei com a Mar aos gritos porque estava na hora do ballet. Corremos para o ballet.

Como dormi a sesta não fiz o trabalho que devia ter feito aquela hora. Noitada para não ser preguiçosa e ter dormido a sesta (soube a gingas pela Vida)

Bons momentos em imagens #23

Por aqui, no final do dia, andámos em modo "Festival do Pão". Passeota rápida, não houve tempo para mais, até aparecemos na tv. O que a Mar e amiga se riam (e eu também) quando se viram na tv.


Havia uma exposição de tratores antigos (só tirei foto a um).

Bancas de legumes e artesanato.

Bancas de filhós e pão com chouriço.

Bancas de doces. Provei as trouxas e não fiquei fã!

Pessoas vestida com trajes antigos. 

Um senhor a usar o vime para construir uma cesta.

Bolos caseiros

A Padaria.

Aqui já elas tinham estado atrás da Serenela Andrade a saltitar para serem vistas pelos avós que estão longe.

A mãe decide

Assim deve ser... A mãe decide.
Porque não somos nem temos de ser todas iguais, porque temos liberdade de escolha, felizmente.

Do que a vida me ensina #3

A vida tem-me ensinado que quando a "pílula" é muito "dourada" o verniz estala mais dia menos dia...

Mudei de nome e já sei onde fica a casa de banho

A Mar adora desenhar. Às vezes surpreende-me mesmo com a sua criatividade a desenhar. Hoje não foram bem desenhos mas identificadores.

Agora já sei onde fica a casa de banho...eheh

Devo ter mudado de nome porque no meu quarto tinha isto colado à porta. Miranda? Hum...muito tempo a ver a "Princesa Sofia". Uau isso quer dizer que ela me acha uma rainha. Ye!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Nojento mas delicioso

Acho que não há meio termo para as sardinhas: ou se adora ou se detesta.

Eu faço parte dos que adoram.

Ontem foi dia delas, mas depois de as comer  o prato fica com um aspeto tão "nheques".

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Quando te metem a chorar

Certo dia uma pessoa conseguiu deixar-me num estado de nervos tão grande que fui até casa a chorar. Cheguei a casa e chorei, parei para jantar, chorei, parei para dar banhos, chorei, coloquei as miúdas a dormir, chorei, chorei....

Vejo essa pessoa algumas vezes por semana. Pensei em dizer-lhe tudo o que devia ter dito e não disse...porque sou educada ou porque sou tímida e parva...ainda não percebi bem.

Afinal nunca lhe disse nada do que me apetecia. Mas sabem o que fiz hoje? Passei por ela rasguei um enorme sorriso e disse BOM DIA! Ela, a pessoa, colocou os óculos de sol e respondeu timidamente "bom dia".

Assim está melhor para mim...já que não falo tudo que quero tento esquecer e finjo que estou muito alegre.
Estou a ser hipócrita...eu sei...mas não quero saber.

terça-feira, 14 de julho de 2015

Começo de cocó

Um pivete imenso vem do quarto da Sal que chora desalmadamente. O pai grita:
-Anda cá, preciso de ajuda.
Lá vou eu...
Tinha cocó na barriga...tinha ultrapassado a fralda. Banheira com ela. Esfreganço de pijama, lençóis e resguardo antes de os pôr na máquina de lavar.
Fralda suja altamente isolada num saco bem fechadinho.
Janelas abertas.
Só falatava a máscara na cara....

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Futuro e destino

- Mãe o futuro e o destino são a mesma coisa?
- Não, filha.
- Pois...o destino não está escrito.

(ooiii??)

- Ai quem me dera saber o futuro...queria saber com quem me iria casar.

(boquiaberta eu...)

Do que a vida me ensina #2

A vida ensinou-me a detestar chegar atrasada, no entanto também me ensinou que ser pontual é chegar cedo demais...
As pessoas não são pontuais (quando digo pontuais dou um desconto de minutos) e isso é muito chato para quem se esforçou por chegar a horas.

Dobraduras (i.p. #19)


Diz a Mar enquanto comia pera (ela asora peras e come_as em todo o lado...até nas escadas):
- Mãe, porque é que todos os dedos têm duas "dobraduras" e o polegar só tem uma?


Ora portanto dobraduras nos dedos....

Um dia destralho #5

Sapatos da Mar que estam em relativo bom estado. Dados a uma amiga.

Folhas de rascunho sem fim. Foram para a reciclagem.

Roupas da Sal que já não lhe servem.
Foram para uma conhecida da minha mãe.

Consegui este fim de semana.

domingo, 12 de julho de 2015

Quero ser como tu

Querida filha, gostava de ser como tu:
Aprender rapidamente o que me ensinam;
Cantar afinadamente;
Dançar com elegância;
Mergulhar sem apertar o nariz;
Desenhar e pintar que nem artista;
Dizer amo-te com frequência, aos pais;
Sorrir com os olhos;
Ser positiva;
Arranjar solução para tudo.

Adoro-te! Cheia de orgulho da tua audição

sábado, 11 de julho de 2015

Eu a achar que sou uma princesa

Uma pessoa faz a depilação fora de casa e portanto não tem que mexer uma palha para os pelos sairem...
Ah...que bom...até adormeci.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

O penso

Preciso sair de casa e uma "coisa" (digo coisa porque não sei fo que se trata ) que twnho no pescoço não para de sangrar. Já gastei mais de um rolo de papel higiénico e não pára. Já gastei os pensos normais que depressa aparecem com sangue a sair. Decidi procurar uns maiores..o problema é os maiores tem bonecada.
Vou assim para a rua?
Acho que mais vale assim que sujar a roupa pela terceira vez.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Compromissos

Há dias em que tenho tanto que fazer que me apetece chorar.
Compromissos que mudam de repente o horário sem aviso prévio e por isso se sobrepõem a outros...

Depois vem o trânsito e as atividades da mais velha e penso que não quero ir para casa...lá espera-me ainda mais trabalho.
Ai...estou exausta!

Bem...já está a começar a saga dos sapatos?!

Há uns meses consegui estragar 3 pares de sapatos em duas semanas (acho que foi assim). Hoje, depois da vacina dos 18 meses da Sal não tinha laço no sapato.
Grrrrr

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Fomos dar pão ao borracho


Na varanda da sala de ima amiga havia 2 ovinhos de pomba. Já nasceu uma cria.
A Mar foi dar pãozinho ao borracho. Ele tem fominha e parece que a pomba o abandonou.
Tão fofinho!

domingo, 5 de julho de 2015

Um dia destralho #4

Seleccionei livros (manuais escolares) que aposto que nunca os irei usar mais. Coloquei-os em sacos na garagem para mais tarde entregar a uma pessoa que entregará a uma conhecida que levará para Timor (creio).

Não é bem destralhar porque passaram do escritório para a garagem... mas pelo menos as prateleiras estão mais vazias.

Ando mesmo com necessidade de ter menos coisas (desnecessárias) em casa.

sábado, 4 de julho de 2015

Ilha de Moçambique

Hoje, na missa o Sr. Padre falava da AFIM e do trabalho que têm na ilha de Moçambique, com criança que comem uma papa quente por dia. Falou das dificuldades que nós não temos....
Caramba queixamo-nos de coisas que eles não se queixam...nem sequer as têm...tomara não morrer de fome.
Mundo injusto.
"Jesus, ilumina os olhos do nosso coraçao".

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Good news

É tão bom receber uma notícia boa.
É tão bom receber duas notícia boas.
É tão bom receber três noticias boas.
É tão bom receber quatro notícias boas.

Estes dias têm sido assim...